Blog do Garrone

Deu no D.O.

Enquanto pode  A 30 dias de terminar o seu mandato, o prefeito de Cidelândia, Ivan Nunes Caldeira assinou dia 1º de dezembro contrato de R$ 669.876,28 com a Construset Ltda. para concluir em 180 dias a Unidade Escolar Santa Tereza, no povoado Ciriaco.

Confira – No mês de outubro a prefeitura de Anajatuba assinou dois contratos, o primeiro dia 3 e o segundo dia 24, no valor total de R$ 2.422.368,08 com a Amazônia Construção para reformar (o extrato do contrato publicado no Diário Oficial não diz quais) unidades escolares da rede municipal de ensino (R$ 580.812,10) e construir uma creche pró-infância (R$ 1.841.555,98), no prazo de 180 dias.

Última chance I – A prefeita de São Vicente de Férrer, Maria Raimunda Araujo Souza, aproveitou o último mês do mandato para adquirir equipamentos e materiais permanentes, e no dia 29 de novembro, a Prefeitura assinou contrato de R$ 313.700,00 com a Gras Comércio Ltda. Tudo deve ser entregue até dia 31 de dezembro.

Última chance II – Ainda em tom de despedida, a Prefeitura assinou dia 1º de dezembro contrato de R$ 448.068,20 com a Arrimo Engenharia e Projetos Ltda. para fazer em 180 dias calçamento em bloquete no povoado Casa Grande.

Presentão – Se depender da Prefeitura de Bela Vista o município terá uma grande festa de aniversário. Dia 6 de dezembro foi assinado contrato de R$ 200.000,00 com a R. Sousa dos Anjos para realizar a festividade até o último dia do ano. O prefeito Orias de Oliveira deve ter muito o que comemorar!

Adeus ano velho – Já em Senador Alexandre Costa a festa vai ser por conta do Rèveillon com o contrato asssinado dia 12 de dezembro com a M.R. Tinoco – EPP para alegrar a passagem do ano por R$ 195.500,00.

Inaugurações – Em Belágua o último mês do ano deve ser de entrega de obras. No dia 19 de setembro a prefeitura assinou dois contratos no valor total de R4 509.251,77 com a A.J.C Construções Ltda. para reformar o estádio municipal (R$ 249.980,75) e construir um portal no município (R$ 259.271,02); tudo no prazo de 180 dias.

Buzão – A Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana – MOB assinou contrato no valor de R$ 5.650.623,80 com a Vertran – Gerenciamento e Controle de Tráfego para apoiar, durante 24 meses, o gerenciamento, supervisão e fiscalização da implantação dos corredores da avenida dos Holandeses e Litorânea, no padrão Bus Rapid Transit – BRT, abrangendo as obras civis e sistemas ITS – Intelligent Transportation Systems.

Tempo de ouro – Derrotado nas urnas, o prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, assinou dia 9 de dezembro o quarto aditamento de prazo para que a D.A Construções Ltda-ME conclua as obras de quatro creches/escolas, iniciada em 2013 ao valor de R$ 5.257.907,54, até o dia 9 de setembro de 2017.

Rei do lixo – Já a prefeitura de Grajaú resolveu dia 1º de dezembro aditivar em mais R$ 741.000,00 o contrato com a S. de Oliveira Chaves – ME para o gerenciamento, manutenção e funcionamento da limpeza pública de vias e avenidas.

Um comentário sobre “Deu no D.O.

  1. João Luiz Pereira Tavares

    Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma assim:

    “O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas”, diz Grazziotin.

    Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica. 
    Que jamais será esquecido tal nascer dos anos a partir de  2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável. 

    Tal fato luminoso e sui-generis foi o:

    — «Tchau querida!»

    Eis aí um momento progressista, no ano de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *