Blog do Garrone

Com frota caindo aos pedaços, empresários pretendem barrar na Justiça licitação dos transportes

ônibus velhosPor: Leandro Miranda (blog Marrapá – com edição)

Empresários do sistema de transporte coletivo estão há dias tentando coletar material e provas para tentar barrar a licitação anunciada pela Prefeitura. O objetivo dos dirigentes ligados ao Sindicato das Empresas de Transporte (SET) é tentar impedir que Prefeitura comece a receber as propostas das empresas que participarão do certame. No próximo dia 12, data marcada para o envio de propostas, eles preparam uma ação contra a administração municipal.

Inclusive os dirigentes evitam se manifestar. O superintendente do SET, Luís Cláudio Siqueira, informou que está com chikungunya. O sindicato da categoria orientou os empresários a rejeitar qualquer tipo de entrevista. O medo de perder o direito de fazer o transporte é tanto que eles têm pedido apoio para amigos togados no Tribunal de Justiça do Maranhão e no Tribunal de Contas do Estado. Tudo porque não querem investir na reestruturação do serviço.

Mesmo com toda essa pressão, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, garante que o edital começa a correr nessa semana. “Na próxima quinta-feira, a Comissão de Licitação estará recebendo as propostas e esperamos que ocorra com muita tranquilidade para entregar um novo sistema para a cidade, com a qualidade que a população sempre clamou ao longo de décadas”.

Um dos questionamentos dos empresários seria em relação ao prazo para renovar a frota de coletivos, mas vale lembrar que a Prefeitura de São Luís entregou 371 novos ônibus, o que equivale a 40% da frota que circula na capital. A licitação foi lançada em março, prazo suficiente para que os empresários tivessem se adequado ao edital.

Além da manutenção dos benefícios já implantados pela Prefeitura como o Bilhete Único e Biometria Facial, a licitação vai exigir que todos os coletivos possuam ar-condicionado,

Um comentário sobre “Com frota caindo aos pedaços, empresários pretendem barrar na Justiça licitação dos transportes

  1. MACABEU

    Garrone, que a gente sabe que a maioria desses pseudo empresários são uns delinquentes, ninguém tem dúvida!. Agora, achar que eles estão de conluio, junto com o TJ-MA e do TCE-MA, para barrar a licitação, ai é outros 500. Essa Empresa sucata, não é de uns dos terceiro da vida?,. Ver-se logo que é a empresa mais sucateira do Estado, onde todo o lucro da empresa é desviado para outro fins, como compra de mansões, fazendas e agiotagem, compra de apt de luxo, para especulações ect, ect.
    Esse delinquente tem mais é que ser excluído desse certame, para o bem da coletividade, inadmissível que um elemento desses, por falta de espírito coletivo aja dessa maneira, tentando prejudica centena de milhares de contribuinte em benefício próprio, atitude típica dos canalhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *