Blog do Garrone

Carnaval 2018: a festa dos artistas do Maranhão

Alê Muniz e Luciana Simões comandaram o bloco Bota Pra Moer

O Carnaval 2018 do Maranhão foi histórico em vários sentidos. E um dos pontos mais positivos foi o protagonismo dos artistas locais comandando um verdadeiro show de divertimento. Em todos os cantos do estado a participação dos cantores maranhenses foi marcante.

Em São Luís, no circuito Joãosinho Trinta, na Beira Mar, foram eles quem puxaram um mar de gente que curtiu de perto a consolidação do carnaval ludovicense. A banda Lamparina, no domingo, teve como convidados os paraenses Pinduca e Gaby Amarantos. Na segunda foi a vez do Criolina fazer um show histórico com Elza Soares.

E na terça, Flávia Bittencourt e Argumento fecharam o carnaval com chave de ouro na companhia da banda Fundo de Quintal e do cantor Péricles. A valorização da cultura maranhense tem sido uma das marcas mais fortes do governo Flávio Dino. No lugar de shows milionários de artistas de renome nacional, como acontecia no passado, agora o que se presencia é o reconhecimento dos grupos tradicionais do estado.

O carnaval do Maranhão se fortalece a cada ano com investimentos em segurança e valorização dos artistas e da cultura local. O protagonismo dos grupos oriundos do estado reforça a originalidade do ritmo maranhense e cria um cenário que começa a despertar, cada vez mais, a curiosidade de turistas.

A festa dos artista do Maranhão em 2018 consolidou o carnaval do estado e, com certeza, elevou o patamar da folia momesca maranhense. Os próximos anos são muito mais promissores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *