Blog do Garrone

Brandão diz que pode haver um esvaziamento geral no PSDB com candidatura de Rocha

Blog do Jonh Cutrim –  o vice-governador e presidente do PSDB no Maranhão, Carlos Brandão, afirmou que pode haver um esvaziamento geral no partido caso haja uma imposição pela candidatura do senador Roberto Rocha ao governo do estado.

“O projeto do Roberto não é o do partido aqui, criou-se um mal-estar muito grande com a filiação dele, uma insatisfação enorme de prefeitos, deputados, vereadores que podem deixar o PSDB…”, revelou.

Brandão disse que não tem nada contra a vinda do senador Roberto Rocha para o PSDB. “É uma meta nacional do partido aumentar a bancada, e um senador a mais é importante, partido nenhum rejeita. Entendo que foi isso que os dirigentes nacionais avaliaram”, comentou. “O Roberto pode entrar para o debate, mas para impor regra nós não vamos aceitar”, completou.

Podem deixar a legenda tucana no estado, além do vice-governador, o deputado Neto Evangelista, o prefeito de Ribamar, Luis Fernando e o suplente de senador Pinto Itamaraty, além de outros prefeitos, vereadores e parlamentares.

Carlos Brandão, que defende a continuidade da aliança com o PCdoB em apoio à reeleição do governador Flávio Dino, lembrou que o PSDB sob sua gestão obteve um crescimento significativo no estado, elegendo 30 prefeitos na última eleição. “O PSDB no Maranhão teve um milhão de votos para prefeito. Para se ter uma ideia, no nordeste em nível de crescimento somos o segundo”, ressaltou.

O vice-governador disse ainda que na próxima semana terá uma reunião com a direção nacional do PSDB onde será definido o rumo da sigla no Maranhão. “Vou conversar com o senador Tasso Jereissati, presidente interino do partido e o senador Aécio Neves, presidente licenciado. Vou ouvir o que eles têm a dizerem e a partir daí tomaremos uma decisão”, declarou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *