Blog do Garrone

Andrea Murad sempre discursa em defesa da Orcrim comandada pelo seu pai

A deputada Andrea Murad: discursos em defesa de organização criminosa

Beneficiária de um esquema que desviou mais de R$ 1,2 bilhão dos cofres da Saúde estadual, a deputada estadual Andrea Murad anda com saudades dos tempos em que na Secretaria Estadual de Saúde se pagava milhões na compra de medicamentos, mas os remédios não eram entregues.

Nesta semana, a peemedebista em mais uma fala histriônica, atacou a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) pela contratação direta, em caráter emergencial, nos meses de setembro e outubro passado, de uma medicação para tratamento de pacientes como tumores cerebrais.

Necessitada de apenas acusar Andrea Murad atacou o valor pago pelos medicamentos, mas esqueceu de conferir que os preços estavam na faixa estimada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Quando faz esses discursos farsescos, Andrea Murad não está preocupada preservação da vida de milhares maranhenses ou com a melhoria das condições de Saúde da população, ela tem apenas saudade dos tempos em que uma Organização Criminosa liderada pelo seu pai Ricardo Murad comandava a SES, segundo a Polícia Federal.

E foi, a Polícia Federal que na SES comandada pelo pai de Andrea Murad, a secretaria repassou ao Instituto Bem Viver cerca de R$ 20 milhões para a compra de remédios, e os medicamentos nunca foram entregues.

Andrea Murad anda com saudade do tempo em que seu pai na SES, tinha as empresas de fachada Life Med eFarma Produtos Hospitalares para dissimular à venda de medicamentos e prestação de serviços, desviando dinheiro da secretaria estadual de Saúde. De acordo com a PF, Life Med e Farma Produtos Hospitalares criadas na cidade de Goiânia (GO) jamais tiveram sede. A Life Med, por exemplo, recebeu em 2013 da gestão Ricardo Murad, R$ 9,7 milhões pela compra de medicamentos que jamais foram entregues.

Talvez a deputada Andrea Murad, se lembre do que apurou a PF, sobre a Life Med. “Elevados valores que transitaram na conta da empresa Life Med. Somente no ano de 2013, quando sequer estaria atuando no mercado, pelo menos a quantia de RS 9.771.364.41 foram repassados pela Bem Viver somente no período investigado”.

Quando Andrea Murad discursa na Assembleia, ela fala em defesa das pessoas e das empresas que integravam a Organização Criminosa comandada pelo seu pai Ricardo Murad. A deputada tem que entender esse tempo acabou, não mais voltará, a não ser como bem disse o deputado Marco Aurélio, “esse é o assunto para a Polícia e a Justiça deputada Andrea Murad”.

Um comentário sobre “Andrea Murad sempre discursa em defesa da Orcrim comandada pelo seu pai

  1. Macabeu

    É verdade que a justiça não vai prender todo mundo por cometer infração, se assim fosse não teria cadeia pra todos, principalmente em se tratando de pequenos furtos, crimes de pequena monta que é desnecessariamente uma punição severa. Mas o caso do ladrão e corrupto RICARDO Murad, pq ? Se há explicação, pq não esta preso? incomunicável. O marginal roubou, desviou, fez maracutaia, subfaturou, comprou voto, é o elemento está ai solto soltinho da Silva? Que macumba é essa?, a própria PF fez as investigacoes, detectou fraudes roubo apropriação indébita e nada do meliante ser preso pq?.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *