Blog do Garrone

A indefinição do PSDB no Maranhão

O PSDB no Maranhão vive uma momento de indefinição e de disputa pelo comando da legenda. De um lado o vice governador, Carlos Brandão, que pretende manter a sigla ao lado do PCdoB, e do outro Sebastião Madeira, que busca candidatura própria dos tucanos.
Para a executiva nacional, o mais interessante, avaliando as eleições presidenciais, seria o PSDB lançar um candidato próprio, devido a proximidade entre Flávio Dino e o PT. Porém, as opções não empolgam. Roberto Rocha é um nome que tem pouca visibilidade, não agrega e muito menos puxa votos. Sem contar que o Maranhão foi o Estado que mais deu votos ao PT em 2014, portanto, um erro de avaliação pode fazer os tucanos saírem com menos de 10% dos votos, como já ocorreu.
O PSDB vive um momento de incertezas diante do ganância por projetos pessoais. Madeira quer ser senador e RR governador, mas o partido é o que menos importa para a dupla. A parceria entre PCdoB e PSDB garantiu 28 prefeituras aos tucanos, que antes tinham apenas oito.
Brandão afirma com todas as letras que 90% dos tucanos no Maranhão desejam manter a aliança com o governador Flávio Dino, e utiliza esse ascensão como argumento. Mas ele terá que utilizar todo seu poder de convecimento e travar um duelo nos bastidores com Madeira para não ver essa parceria terminar mais adiante.

Blog Marrapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *