Blog do Garrone

Deu no D.O.

Concreto bravo – Para compra de material de construção a Prefeitura de Grajaú precisou de quatro contratos com a empresa Cana Brava Material de Construção Ltda – ME no valor total de R$ 1.665.719,41. A papelada foi assinada em 22 de fevereiro, com prazo de execução de onze meses.

Da pesada – Em Nova Colinas a Prefeitura tem contrato assinado desde 12 de fevereiro com a empresa M L R Ibiapino & Cia Ltda para compra de combustíveis e lubrificantes de máquinas pesadas. O serviço saiu por R$ 843.130,00 e o edital publicado não especifica prazos de execução nem de validade.

Bola dividida – A Prefeitura de Pindaré-Mirim firmou dois contratos para compra de material de consumo (didático, limpeza, expediente, utensílios de cozinha e desportivo), com empresas diferentes, pelo valor total de R$ 3.550.959,20. A empresa L.D.P.Cutrim – ME (Abibe Distribuidora) levou os lotes 2, 5 e 6, que somam R$ 1.000,750,00. Os lotes 1, 3, 4 e 7, que juntos custam R$ 2.550.209,20 ficaram com a F D de Menezes – ME. O negócio está formalizado desde 4 de janeiro, com prazo de entrega parcelado.

Choque elétrico – Saiu por R$ 1.396.464,00 o contrato para compra de aparelhos eletro-eletrônico e equipamentos de áudio e vídeo que a Prefeitura de São Vicente Férrer fechou com a empresa A N Martins Distribuidora – ME. Curiosamente o documento foi assinado em 24 de abril de 2015, válido até 31 de dezembro daquele ano, mas só foi publicado no Diário Oficial em 26 de fevereiro de 2016.

Pela estrada – Em Santa Helena temos contrato de R$ 986.282,29 que Prefeitura firmou com a empresa Silva & Galvão Ltda EPP em 23 de fevereiro, para obras de infraestrutura rodoviária. O serviço foi fechado pelo sistema de empreitada e vale até 23 de agosto.

Pílula de ouro – Saiu por nada menos que R$ 3.970.000,00 o contrato firmado entre a Prefeitura de São Vicente Férrer e a empresa Bentes Sousa & Cia Ltda para compra de medicamentos, material médico, hospitalar e laboratorial. O documento foi assinado em 15 de fevereiro, válido até 31 de dezembro.

Acende a luz – Haja luz em Santa Luzia do Paruá! Por lá a Prefeitura assinou contrato com a empresa J. Gonçalves dos Santos Filhos e Cia Ltda, em 1º de fevereiro, para compra de material elétrico de iluminação pública. A conta saiu por módicos R$ 818.219,16.

Na prensa – Para fornecimento de materiais impressos a Prefeitura de Santa Rita firmou contrato no valor de R$ 844.719,00 com a empresa M. Mendonça Gráfica e Editora. Formalizado em 15 de fevereiro, o contrato vale até 31 de dezembro.

De um tudo – A Prefeitura de Santa Rita assinou três contratos, no valor total de R$ 2.873.645,00, com a empresa L.R. Distribuidora Ltda, para objetos diferentes. O primeiro, de R$ 1.085.000,00 para gêneros alimentícios; o segundo, de R$ 827.000,00 para material de higiene e limpeza, e o último, no valor de R$ 961.645,00, para merenda escolar. A papelada toda foi assinada em 16 de fevereiro, válida até 31 de dezembro de 2016.

Farmácia dos milhões – Em Santa Luzia a Prefeitura tem dois contratos – assinados em 26 de fevereiro – com uma mesma empresa, a Colmed Distribuidora de Medicamentos Ltda. Pelo fornecimento de medicamentos hospitalares e farmácia básica a empresa deve receber um total de R$ 2.825.162,94.

Ouro negro – Saiu pela bagatela de R$ 2.505.500,00 o contrato para compra de combustíveis firmado entre a Prefeitura de Bacabal e a empresa G. J. Sousa Lacerda & CIA Ltda. O documento foi assinado em 12 de fevereiro e o edital publicado não especifica prazos.

Coquetel – Para fornecimento de lanches e coffee break a Prefeitura de Bacabal firmou contrato em 18 de fevereiro com a empresa J. T. de Medeiros Junior no valor total de R$ 955.800,00.

Um comentário sobre “Deu no D.O.

  1. Pingback: São Vicente Ferrer: deu no Diário Oficial | Folha de SJB-MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *